Em Brevoy o dragão tem duas cabeças. Esse reino distante foi forjado em guerra por Choral, o Conquistador, que com uma legião pequena de mercenários e dois dragões vermelhos juntou dois povos inimigos em uma força poderosa. Porém, exatos 300 anos após Choral ser coroado rei de Brevoy, todos os membros da família real desapareceram. Antigas tensões e rivalidades subiram à flor da pele quando o patriarca da família Surtova tomou o posto de Regente e, meses depois, Rei de Brevoy. Um representante claro do povo de Issia, que descende de piratas e bandoleiros, sentou no trono de Brevoy, e os antigos e orgulhosos Swordlords das Rostlands não conseguem suportar a ideia de baixar a cabeça para seus antigos rivais. Porém, eles não podem se dar ao luxo de iniciar uma guerra no momento. Não com o seu flanco sul desprotegido, uma região sem-lei há muito conhecida como Terras Perdidas, lar de grupos de bandidos, monstros e perigos ainda maiores.

Os Swordlords sabiam que desviar guerreiros do provável campo de batalha no noroeste para retomar as Terras Perdidas a sudoeste era uma ideia terrível. Tal atitude ofensiva de tomar novos territórios também poderia facilmente ser visto pelo novo Rei como um ato de guerra, a desculpa perfeita para o novo Rei descer sobre as Rostlands com um exército.

Então eles encontraram a seguinte solução: Entregar escrituras oferecendo direitos de exploração e pacificação das terras para pessoas não-afiliadas diretamente com os Swordlords. Dessa forma eles não precisam retirar as suas tropas das defesas de suas terras, e essas ações podem ser facilmente justificadas como a reabertura de velhas rotas de comércio e eliminição dos bandidos que impedem o seu uso.

E é nessas pessoas que eles depositam uma grande confiança, especialmente considerando que elas estão dispostas a abandonar tudo para uma longa campanha em uma região notoriamente selvagem e perigosa. Para que os planos dos Swordlords tenham sucesso, essas devem ser pessoas duras e resistentes, porém de moral elevada e caráter indiscutível. Talvez aí esteja o maior defeito do esquema, e essa parte com certeza definirá o sucesso ou fracasso do plano e, talvez, a situação do reino de Brevoy.

A nossa história é sobre essas pessoas.

Rapsódia em Vermelho e Verde

Nino Banner site2 gfsaulo allanadilene ighorb RBMTZ